domingo, 19 de Julho de 2009

Esta de pé? Cuide para não cair...


Palavras da Sarah em seu blog do dia 13 de Julho de 2009. Se você não passou por lá, leia aqui!

Se passou, leia novamente, Deus vai falar com você de uma maneira doce e suave como Ele sempe faz, pois nos ama incondicionalmente!




"Às vezes acho que me “espalho ao comprido” quando afirmo certas coisas e vejo as pessoas me olharem como se fosse um ET!Mas literalmente, espalhei-me no terraço da minha casa. A correr. Tropecei numa mangueira das regas e lá vou eu, lançada em alta velocidade, 72 quilos maciços, sem apelo nem agravo. Quero dizer, sem apelo, porque o agravo foi grande. Estou tentando ver-me livre das muitas “negras”, mas o problema maior foram as imensas dores que ficaram e que não me deixam dormir...Estou a contar-vos isto, porque a queda levou-me a reflectir em coisas mais profundas. A Bíblia diz que “aquele que está em pé, olhe, não caia!”. O meu querido marido ao levantar-me, na sua aflição, só dizia: “Amor, como é que cais desta maneira?”Queda é queda, bolas! Alguém quer cair? Quem está no chão já não cai...Quero eu dizer que há tantas coisas no nosso percurso espiritual e no nosso caminhar como filhos de Deus, que nos atrapalham, que estão fora do lugar, que são um perigo na nossa corrida cristã e nem sempre as vemos, outras ignoramos e outras ainda achamos (como aconteceu comigo...) que conseguimos passar por cima sem nos machucarmos. Há um alerta da Palavra para termos cuidado com as quedas. Elas provocam traumas, hematomas, cortes e até fracturas na nossa alma. A corrida que nos está proposta, tem que ser feita com paciência, sem olhar para os lados, mas para Jesus, pioneiro e consumador da nossa fé. Distrair-nos na corrida, pode ser fatal. Eu quero chegar ao fim da minha, cansada, mas inteira. O cansaço, esse resolve-se, quando cair nos braços de Jesus."




Nosso desejo, da rede de Mulheres, é que você caia directamente nos braços de Jesus, que é nosso Pai, que nos ama e que sempre nos dá o melhor da maneira que Ele quer!

Sem comentários:

Enviar um comentário